terça-feira, outubro 19, 2010


Toda mulher quer segurança, né?
Seja na vida profissional e nos relacionamentos.
Toda mulher quer um homem que a peça em casamento ( mesmo que jure de pé juntos que não).
No fundo todas sonham com um vestido de noiva (branco), daminhas e um marido lindo que a espere no altar.
Filhos, casa, domingo na praia e depois um jantar em família.
Toda mulher sonha com um cara que a faça feliz.
Que a contemple ao acordar.
Que traga rosas e diga incansavelmente o quanto ela é linda de manhã.
Que a tire pra dançar na hora em que estão cozinhando o almoço (juntos) num sábado qualquer.

Que mulher aceita viver de metades?
Que mulher aceita ser a outra?
Que mulher aceita uma vida de 'quando der'?
Nos vemos 'quando der'.
Nos falamos 'quando der'.
E fazemos amor 'Quando der'?

Queremos todo o tempo do mundo para nós.
Queremos que nosso homem seja só nosso.
Assim...de corpo, alma, cabeça e coração!
Queremos um furacão de emoções a cada dia.
Um turbilhão de acontecimentos a cada amanhecer.
Casa, trabalho, amor, filhos lindos, uma família, enfim.

Uma casa de campo, talvez. Uma de praia também.
Um carro esporte e outro pro dia a dia.
Afinal, O amor e uma cabana, não se pratica mais hoje em dia.
Queremos paredes e telhados firmes.
Segurança para podermos pisar, dormir e sonhar.
Queremos mais, queremos amar!


More than this.

terça-feira, outubro 12, 2010

Acabei agora de assistir minha serie favorita.
E essa eh minha homenagem.
(Confesso que chorei horrores!)



Later that day, I got to thinking about relationships.
There are those that open you up to something new and exotic.
Those that are old and familiar.
Those that bring up lots of questions.
Those that bring you somewhere unexpected.
Those that bring you far from where you started.
And those that bring you back.
But the most exciting, challenging and significant relationship of all
is the one you have with yourself.
And if you find someone to love the you, you love.

Well, that's just fabulous...

quarta-feira, outubro 06, 2010


Sempre tive um feeling muito aguçado.
E sempre fui de seguir meu coração.
Acredito e sempre acreditarei que quando você deseja muito algo. Quando você luta de verdade e deseja algo com todo seu coração, chega uma dia que você consegue tudo que se quer.
Não desista. Lute! Ame de verdade. Se entregue! Abra os braços pra vida, pro seu amor. E não desista.
Eu não desisto do meu porque sei que é de verdade e é pra sempre.
De olhos fechados me entrego.

Eu te amo.
Esse post foi pra você, meu amor.
"As Flores vivem mais e felizes em meio a Rosa."

terça-feira, outubro 05, 2010


I just called to say... I love you

Por que os relacionamento muitas vezes são tão chatos e cansativos?
Se não ligamos é porque não estamos interessadas. Se ligamos é porque somos pegajosas.
Se não temos ciúmes, não amamos. Se temos, somos ciumenta demais.
A partir de que momento em toda relação deveria haver um tempo para ambas as partes pensarem se realmente querem continuar ou não?

Por que é tão difícil o desapego com alguém que estamos saindo há muito tempo?
É difícil nos desprender quando esse alguém já tomou conta de sua família, sua casa e ainda faz parte do seu dia a dia.
É complicado quando a sociedade te pede que você esteja fixo com alguém ou quando vocês sempre saem juntos e quando de repente, um não está...todos notam sua ausência e te enxem de perguntas.

Ás vezes, digo na maioria das vezes, é mais cômodo permanecer e sofrer achando que tudo vai mudar e esperando dias melhores (que nunca chegam).
É isso! O ser humano se acomoda muito fácil e mudar de rotina é um tanto quanto dispendioso. O preço é alto para se refazer ou começar do zero.

Será que temos que aceitar que nos machuquem ou nos deixem de lado muitas vezes, apenas em prol de um título? Se realmente não estamos juntos? O que significa realmente estar junto de alguém? Ter alguém? Se não podemos incomodá-lo a 1 da manhã porque ele irá acordar ás 5 pra trabalhar?
Se muitas vezes nos sentimos sozinhas, carentes, apenas querendo ouvir um sincero " Eu te amo, meu amor. Só liguei pra ouvir sua voz."
É tão difícil assim existir romantismo depois de anos de relacionamento?

I just called to say I love you...




Muitas dúvidas

segunda-feira, outubro 04, 2010


A fatura chegou. E agora?!

Estava pensando sobre contas. As minhas.
Juro que queria ter mais controle sobre. De repente ser mais responsável em relação...pensei em quebrar meu cartão de crédito ou sei lá, coloca-lo no congelador e deixar.
Tenho certeza que esse mês  vai explodir mais uma bomba. E eu sei que como estou no meu inferno astral. Não poderia ser diferente. Meu aniversário é em Novembro.

Acho que vou propôr um acordo.Será?
Preciso de dinheiro, grana, la plata, do villlll metalllll! Alguém me entende?
Pensei em fazer um bazar com minhas roupas e bijus, já que todo mundo fala que eu me visto bem, talvez alguém queira pagar pelo meu estilo. (risos)

Só que infelizmente aqui em Fortaleza, estou  apenas com o básico do básico. Minhas roupas estão quase todas em São Paulo! Meu sapatos, meus scarpins lindos, minhas sandalias de couro caríssimas, estão lá pegando poeira, tadinhas.
Também pensei em...de repente, colocar uma frase no meu msn: Faça uma Rachel feliz. Deposite aqui sua doação!
Acho que não tem jeito.

Mas eu sei que no final das CONTAS eu mesma terei que arcar com o meu prejú.
Como sempre, eu, sempre eu...
Que droga de vida.

Assinado: devedora Rachel.