quarta-feira, outubro 10, 2007





Beirando os 25

Essa semana tenho pensado muito sobre os meus vinte e cinco anos que se aproximam. Quanto mais eu penso, mais me vem a memória os fatos vividos e presenciados por mim nesta minha vida.
Alguns alegres, outros tristes, muitos assuntos acabados e alguns inacabados.

Muita dúvida e muita massa cinzenta queimada de tanto pensar, pensar e pensar! Sempre fui muito impulsiva na hora de falar, mas nem tanto na hora de agir. Hoje em dia tenho pensado bem antes de fazer qualquer coisa e me pergunto se esta é a maneira certa. Não seria melhor, fechar os olhos e me jogar? Gato escaldado...

Na verdade, ás vezes eu gostaria de ser outra pessoa...gostaria de ser menos emotiva e parar com essa mania burra de sofrer por pessoas e causas.
Ás vezes penso que nada mudou, mas abro os olhos e me vejo aqui...em outra cidade, em outra casa, em outro mundo.
Queria ser mais constante e sempre andar em linha reta.

Tenho tantos planos e tantos desejos possíveis e alguns, digamos que...necessitam de uma força maior do que a minha para serem de fato,reais.
Me engano e desengano constantemente.
A diferença entre querer e precisar...Eu quero tudo que preciso e preciso de tudo que quero!

Quero tudo. Todas as sensações. Todas as emoções. Todos os gostos, sabores e aromas.
Quero saltar, dançar, rodopiar e cair no chão tantas vezes forem necessárias.

Não posso dizer que de nada me arrependo,pois algumas decepções temperaram uma fase muito recente da minha vida. Entretanto...no frigir dos ovos, que é o mais importante, posso dizer que, nao me arrependo de nada mesmo! Aprendizado é a palavra correta.
Aprendi bastante e tento aprender todo santo dia! Mas...não tenho culpa se tenho uma cabeça dura feito pedra.

Tempo, querido tempo,
Não sei se quero que passe rápido ou lentamente.
Passe como passa o passarinho...livre.


Sabedoria é o que desejo pra mim.

Parabéns antecipadissímos!



Ouvindo: Maria Bethânia - Pirata.

sexta-feira, outubro 05, 2007




Misunderstood


Should I? Could I?

Have said the wrong things right a thousand times

If I could just rewind, I see it in my mind

If I could turn back time, you`d still be mine

You cried, I died

I should have shut my mouth, things headed south

As the words slipped off my tongue, they sounded dumb

If this old heart could talk, it`d say you`re the one

I`m wasting time when I think about it

I should have drove all night, I would have run all the lights

I was misunderstood!

I stumbled like my words, Did the best I could

Damn, misunderstood...